Projeto Licenciar – Ensino de Computação / Programação na Educação Básica

Título: Exploração de abordagens de ensino-aprendizagem de Computação na Educação Básica.

Situação: em andamento

Alunos: Josiane Patrícia Rodrigues dos Santos Soares; Henrique Pereira de Souza;

Descrição: 

Muitos pesquisadores e professores têm defendido a ideia de estimular e aplicar o ensino de computação na Educação Básica, levantando a hipótese de que o pensamento lógico e computacional pode contribuir para o desenvolvimento do pensamento matemático dos estudantes. Portanto, cursos de Licenciatura em Computação, assim como abordagens de ensino de computação adequadas à Educação Básica, vêm sendo propostas. Este projeto tem por objetivo explorar algumas dessas abordagens, de modo a contribuir para com o desenvolvimento do ensino de computação no Brasil, e para oferecer ao futuro licenciado em computação a oportunidade de conhecer e experimentar abordagens de ensino-aprendizagem de computação inovadoras e que possam ser aplicadas a todas as idades.

Este projeto pretende explorar abordagens de ensino de computação para a Educação Básica, e que preferencialmente também possam ser aplicadas à Educação Técnica e Superior. Dentre as abordagens conhecidas que podem ser exploradas mais a fundo no contexto do Ensino Básico brasileiro, podemos destacar algumas proeminentes: o currículo Bootstrap, que tem por objetivo ensinar álgebra e geometria para alunos do ensino básico por meio de programação de computadores; e a atividade Coding Dojo (“dojô de programação”), que consiste em reunir programadores e interessados em programação em um mesmo espaço para, juntos, resolverem desafios de programação, treinando e aprendendo de forma colaborativa.

Podem ser ainda citadas linguagens de programação para crianças como o Scratch e o Logo, assim como jogos que incentivam o pensamento computacional como o Lightbot.

Com isso, pretende-se estudar alternativas interessantes e motivadoras para o ensino-aprendizagem de computação, buscando ainda incentivar o pensamento computacional como base para a resolução de problemas em disciplinas como a matemática. Algumas abordagem podem, ainda, explorar a criatividade dos alunos ao conduzi-los ao desenvolvimento de aplicações interessantes, como jogos eletrônicos, projetadas e programadas pelos próprios alunos, enquanto estes aprendem os conceitos matemáticos e computacionais necessários para seu desenvolvimento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s